YOGA E MEDITAÇÃO EM CAMPINAS

20 de mai de 2014

O caminho da transcendência e a busca pela felicidade


Por Vanessa Malagó

A mão desliza sobre o papel. É precisa. Não hesita. As palavras saem, jorram num fluxo intermitente. Vêm em atropelo, como que desordenadas, desconexas, mas ocupam seu devido lugar. Nessa aparente turbulência, seguem um ritmo próprio. Saem melodiosas, estão vivas, quentes, pulsantes. “Sente-se um estilhaço e não se sabe onde é: é assim que tem que ser a alegria: não se deve saber por que, deve-se sentir assim: ‘mas que é que eu tenho?’ – e não saber.”Começo com as palavras de Clarice Lispector, que ainda em minha adolescência, fizeram vibrar em mim  algo ainda desconhecido, que não podia nomear.

Anos mais tarde, no meu contato com o yoga, despontaram palavras como samadhi, transcendência,   iluminação. Numa perspectiva concreta e racional do mundo, aquilo me parecia misterioso, distante. Nos meus primeiros anos de estudo sobre o yoga, um amigo me perguntou: Pra que você pratica yoga? Você acredita mesmo na auto-realização? E, ainda mais enfático, você pratica yoga buscando a iluminação? No momento, eu me lembro de ter respondido: Não sei. Mas a resposta não importou e sim a pergunta, que ficou ecoando durante anos e ainda reverbera.

Entrevista com Lia Diskin sobre Meditação

Confira a entrevista concedida por nossa  professora Lia Diskin à Revista SuperInteressante em março/2001.Lia formou-se em jornalismo e especializou-se em filosofia budista na Índia, tendo o dalai-lama como um de seus professores. É co-fundadora da Associação Palas Athena e coordenadora do Comitê da Cultura de Paz – uma parceria Palas Athena/UNESCO.
 
Quais os benefícios da prática da meditação para a saúde, a inteligência e o equilíbrio psíquico?

A meditação reduz a ansiedade, torna a respiração equilibrada e profunda e melhora a oxigenação e a frequência cardíaca. Seu reflexo no sono é um repouso mais tranquilo, sem interrupções. Além disso, ela atenua enxaquecas e resfriados, acelera a recuperação no pós-operatório e auxilia a digestão alimentar. No campo psíquico, a prática mantém a pessoa num relativo estado de equilíbrio, com uma lucidez que a impede de entrar em conflitos emocionais internos, principalmente de origem afetiva. Há, por parte de quem a pratica, muito mais clareza mental, objetividade, paciência, compreensão e justiça.

19 de mai de 2014

Foco e Concentração através de Técnicas de Origami

OFICINA DE ORIGAMI KUSUDAMA
24 de maio e 21 de junho

Proposta: ensinar técnicas de origami a iniciantes ou já praticantes. Estimular concentração, criatividade e harmonia, visando um processo de Meditação através de foco e repetição, canalizando boas energias.

Método: através do passo-a-passo para dobra e montagem do kusudama, vamos exercitar a observação, o foco e desligamento dos problemas exteriores. Uso do relaxamento, foco e da canalização de energia.
Extras: definição de kusudamas e sua função primordial; estrutura de um kusudama; modelos colados e não colados; tempo de vida de um kusudama; modelos diversos de kusudamas/unit origami; tipos de papel e técnicas de vinco/dobra; como ler um diagrama; diferença entre livros orientais e ocidentais.
Público alvo: a partir dos 15 anos. Não é preciso conhecimento prévio de origami.
Material fornecido: papel já cortado, cola, diagrama do kusudama, linha, pompom e pingentes.
Inscrições: devem ser realizadas até 2 dias antes dos encontros.