YOGA E MEDITAÇÃO EM CAMPINAS

2 de jul de 2015

Ashtanga Yoga: Os Oito Membros do Yoga

Por Vanessa Malagó

Em nossos artigos anteriores sobre os Yoga Sutras tratamos sobre o ciclo vicioso em que nos vemos presos, a partir da atuação dos kleshas, causadores da dor e sofrimento humanos.O véu de avidya nubla as nossas percepções, expressando-se de diferentes maneiras. Às vezes se faz presente como orgulho, apego, rejeição, ansiedade ou medo; de acordo com a forma em que se manifesta, seja como asmita, raga, dvesa ou abhinivesa.

(Antes que você prossiga a leitura desse texto, se desconhece alguns dos termos que tratamos acima, recomendamos que leia nossos artigos anteriores: “Sofrimento e Libertação”, “Kleshas: As Raízes do Sofrimento” e “Yoga é sair do automático”.)

Nas palavras de Desikachar (2007) avidya pode ser entendida como o resultado acumulado das nossas muitas ações inconscientes e modos de percepção que carregamos mecanicamente por anos. “Como resultado dessas respostas inconscientes, a mente torna-se mais e mais dependente de hábitos, até que aceitamos as ações de ontem como as normas de hoje”. Aí reside toda a base de funcionamento do processo de reação e condicionamento da mente. Nossas ações de hoje criam impressões no inconsciente que nos impelem para uma determinada direção. Caso não haja um esforço para redirecionar essas tendências, reagimos, aprofundando ainda mais essas impressões. Como então escapar disso? Como evitar a repetição contínua desses padrões de reação? Condicionada como está, pode a mente livrar-se de seu condicionamento e tornar-se livre?

O propósito da prática do Yoga é eliminar as impurezas, remover os obstáculos que nos impedem de viver o presente de forma plena, é reduzir a névoa de avidya para que possamos ver com clareza. E nesse estado de presença, sermos capazes de AGIR e não mais REAGIR.

O sistema de Yoga delineado nos Yoga Sutras é composto de 8 partes e é conhecido como Ashtanga Yoga (ashta=oito, anga=membro). São elas Yama, Niyama, Asana, Pranayama, Pratyahara, Dharana, Dhyana e Samadhi.